Nota 20 para Roger Federer

A vitória de Roger Federer no Open da Austrália abriu um novo capítulo na história do ténis e leva-nos a outros desafios, porventura os mais ousados na chamada Era Open (início em 1968). Quais são os limites para quem tem 36 anos?

O suíço conquistou, em Melbourne, o 20.º título em torneios do "Grand Slam", reforçando um estatuto verdadeiramente ímpar, não encontrando um opositor que o impedisse de ganhar as três últimas finais em "majors".

Não há margem para discussão: Federer é a imagem que o ténis precisava para ter como líder e há década e meia que vem dando mostras das suas capacidades. Por tudo aquilo que ele é como pessoa, jogador e campeão. Juntando estes predicados resulta naquilo que é a fórmula mágica de 20 valores.

Por vezes queremos identificar um campeão com todas estas valências em qualquer outro desporto e não é fácil. Podemos falar, por exemplo, do basquetebolista Michael Jordan, do nadador Michael Phelps ou do velocista Usain Bolt. Por o ténis ser uma modalidade individual, Federer é diferente e acrescenta algo mais: uma elegância de jogo, onde tudo parece fácil.

Ainda não entrou para o lote daqueles que conquistaram a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos em singulares (tem a medalha de prata em Londres’12, mas foi campeão olímpico em pares em Pequim’08), mas isso pouco importa a quem ainda tem muito para dar ao ténis. E como a última imagem é aquela que conta, então, Federer, aos 36 anos, pode ambicionar muito mais aos 37 e quem sabe aos 38 anos. Por baixo, nota 20 para ‘sir’ Roger Federer.

 

As 20 vitórias de Roger Federer

Wimbledon: 8

Open da Austrália: 6

US Open: 5

Roland Garros: 1

 

Jogadores com 10 ou mais títulos do Grand Slam

1º Roger Federer (SUI), 20

2º Rafael Nadal (ESP), 16

3º Pete Sampras (EUA), 14

4º Roy Emerson (AUS), 12

Novak Djokovic (SER), 12

6º Rod Laver (AUS),11

Bjorn Borg (SUE), 11

8º Bill Tilden (EUA), 10

 

Norberto Santos, jornalista do jornal Record

 

Copyright © 2018 - Federação Portuguesa de Ténis

Todos os direitos de reprodução reservados. Nenhuma parte deste site pode ser vendida ou reproduzida por qualquer sistema ou meio (inclui fotografias ou vídeos) sem a autorização por escrito à Federação Portuguesa de Ténis.