PATROCINADORES

PARCEIROS

INSTITUIÇÕES OFICIAIS

Entrevista

João Fernandes recupera alegria a jogar ténis

João Fernandes, o primeiro vencedor no Circuito School Eventos/Federação Portuguesa de Ténis, recuperou a alegria de jogar, depois de ter sofrido uma depressão que o afastou da prática da modalidade.

O jovem, vencedor da final do Open Concelho de Odivelas, recorda que foi “um período muito complicado” que atravessou, depois de ter chegado a número dois nacional nas camadas jovens.

“Joguei até aos 17 anos, mas, depois, tive uma depressão e deixei de jogar. Engordei 40 quilos, comecei a trabalhar, a dar aulas de ténis”, lembra, revelando que foi o ténis o caminho para a recuperação.

O tenista rememora que não tirava grande prazer em jogar, que “não sentia nada e não tinha sentimentos, faltando a paixão para jogar”, pelo que decidiu abandonar.

A falta de motivação foi combatida pela vontade do próprio em ultrapassar a fase difícil, permitindo reencontrar-se nos “courts”: “Antes tinha muita pressão em cima de mim. Eu próprio colocava muita pressão sobre os meus ombros. Agora estou muito mais maduro, mais tranquilo e voltei a encontrar a alegria de jogar. O ténis é a minha vida!”

O regresso à competição de João Fernandes aconteceu depois de um rigoroso esforço e com a necessidade de fazer uma dieta, em que o jovem perdeu 48 quilos.

No regresso à competição, João Fernandes tem estado em boa forma tendo já conquistado dois torneios de nível C, um Regional Absoluto e, agora, o Open Concelho de Odivelas.

Contudo, o jogador sonha em chegar mais além: “Vou tentar jogar os torneios em Lisboa do Circuito “School Eventos/FPT” e quero jogar o Campeonato Nacional Absoluto e talvez até ganhá-lo”.

Importante também é o facto de existirem prémios monetários nos torneios nacionais, como é o caso do Circuito School Eventos/FPT.

”Normalmente, os tenistas do ATP têm muitos custos nos seus calendários. Penso que esta é uma boa forma para eles terem um oportunidade de recuperar algum do investimento que fazem”, defende João Fernandes.

No entanto, o tenista do CT Jamor diz que “não é só o dinheiro que importa”, salientando que “os jogadores deviam de fazer os torneios, nomeadamente, o Nacional Absoluto, pela honra de se sagrarem campeões nacionais”.

Depois de vencer João Deus (64 e 6-3), João Fernandes conquistou o título de singulares masculinos do Open Concelho de Odivelas, o torneio dotado de um “prize money” no valor de 2.000 euros que iniciou o Circuito “School Eventos/FPT”, que contempla mais dez torneios, entre os quais o Campeonato Nacional Absoluto.


(Com a entrevista a João Fernandes inaugura-se uma nova área nesta plataforma de informação da Federação Portuguesa de Ténis. Periodicamente, daremos a conhecer tenistas portugueses da nova geração, relatando as suas vivências no mundo do ténis.)

 

ANALIMA COMUNICAÇÃO E MKT
Rua de Buenos Aires, 39
1200 - 623 Lisboa/Lisbon Portugal
Ana Lima + 351 91 777 60 18
Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
www.analimacomunicacao.com

Copyright © 2018 - Federação Portuguesa de Ténis

Todos os direitos de reprodução reservados. Nenhuma parte deste site pode ser vendida ou reproduzida por qualquer sistema ou meio (inclui fotografias ou vídeos) sem a autorização por escrito à Federação Portuguesa de Ténis.