PATROCINADORES

PARCEIROS

INSTITUIÇÕES OFICIAIS

Notícias

Ranking ATP

Nuno Borges volta a registar máximo pessoal

 

Nuno Borges, o segundo tenista mais cotado no presente, voltou a registar máximo pessoal no ranking ATP, na semana em que se estreia em Wimbledon, a terceira prova do Grand Slam do ano.

Os onze pontos averbados no Challenger de Ilkley, torneio inglês de relva natural, permitiram a Nuno Borges galgar seis degraus, para se fixar em 122.º.

João Sousa, número nacional há pouco mais de um ano, perdeu duas posições, posicionando-se agora em 59.º.

Gastão Elias continua a ser o terceiro português mais cotado, apesar de ter descido 18 posições (não defendeu 15 pontos), o que o relegou para 183.º.

Frederico Silva (com menos três postos, em consequência da perda de oito pontos) desceu para 264.º e João Domingues (mais doze posições, em resultado de cinco pontos averbados no Challenger de Montechiarugolo) subiu para 321.º.

Gonçalo Oliveira (mais oito posições) encontra-se em 351.º, Pedro Sousa (menos 58) ocupa a 378.ª e Duarte Vale (um ganho de 84 posições) ascendeu à 568.ª posição mundial, com um título no palmarés, em San Diego, nos Estados Unidos.

Tiago Cação, Pedro Araújo, Luís Faria e Daniel Rodrigues (39 posições ganhas) também tiveram subidas.

A mais expressiva entre os portugueses foi protagonizada por Jaime Faria, que, com os quatro pontos das meias-finais do M15 Frascati, subiu 163 posições.

Para consultar a classificação dos tenistas portugueses que figuram atulamente no ranking ATP, clique AQUI.

Copyright © 2022 - Federação Portuguesa de Ténis

Todos os direitos de reprodução reservados. Nenhuma parte deste site pode ser vendida ou reproduzida por qualquer sistema ou meio (inclui fotografias ou vídeos) sem a autorização por escrito à Federação Portuguesa de Ténis.