PATROCINADORES

PARCEIROS

INSTITUIÇÕES OFICIAIS

Gastão Elias admitiu que entrou «um bocado a dormir»

 

Gastão Elias admitiu que entrou "um bocado a dormir" no embate com Dudi Sela, segundo encontro de singulares deste primeiro dia da eliminatória com Israel, no CIF, ronda inaugural do Grupo I, Zona Europa/África, da Taça Davis.

Elias reconheceu que "teve algumas dificuldades" para "se ativar" no encontro com o número um israelita, que terminou com vitória do segundo tenista português mais cotado no "ranking" ATP, o que permitiu a Portugal a vantagem de 2-0 na eliminatória.

"Entrei muito apático e, a este nível, isso paga-se caro", referiu Gastão Elias, 76.º mundial, uma posição abaixo de Sela, de 31 anos.

A despeito da desvantagem na partida inicial, Gastão Elias manteve-se "tranquilo", acreditando que podia inverter o resultado, o que aconteceu, fechando com triunfo por 1-6, 6-2, 6-4 e 6-2.

"Sabia que, se jogasse a um nível bom, ia conseguir vencer", referiu.

João Sousa, vencedor do primeiro embate de singulares (6-1, 6-1 e 6-2 a Yshai Oliel), considerou que fez um "excelente encontro".

"Sabia que o nível de ténis era superior e que o adversário era um jogador sem experiência, mas perigoso. Tentei jogar a um nível alto e dominar o encontro e consegui", notou.

 

TD 278

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Copyright © 2021 - Federação Portuguesa de Ténis

Todos os direitos de reprodução reservados. Nenhuma parte deste site pode ser vendida ou reproduzida por qualquer sistema ou meio (inclui fotografias ou vídeos) sem a autorização por escrito à Federação Portuguesa de Ténis.