PATROCINADORES

PARCEIROS

INSTITUIÇÕES OFICIAIS

Cadeira de Rodas

Fred Marx, treinador de nacionalidade holandesa que desenvolvia atividade no Lisboa Racket Centre, organiza em 1994 o primeiro evento de Ténis em Cadeira de Rodas, apadrinhado pela equipa federativa liderada à época por Marques da Silva.

Oito anos depois, em Espinho, ocorre o primeiro campeonato nacional nesta vertente do Ténis, com a participação de 6 atletas, fruto de uma parceria com a organização João Lagos. A partir de 2004 (ilha de Porto Santo), estes campeonatos passaram a ser da exclusiva responsabilidade da federação.

O Clube de Ténis de São Miguel organiza em 2006 a primeira e única prova do calendário internacional até ao momento disputada no nosso país, cujo quadro juntou jogadores espanhóis e portugueses.

A participação da seleção nacional no Campeonato do Mundo (World Team Cup) em Nottingham, no ano de 2009, constitui ponto alto da representação Internacional no Ténis em Cadeira de Rodas, concretizada através do projeto “Jogar Sentado” que a FPT lançou em 2008.

Este projeto contemplou diversas acções, como a aquisição de cadeiras de rodas, a formação de treinadores e a divulgação pelas escolas do ensino público e centros de recuperação, sempre com o intuito de promover a modalidade.

Os eventos referidos constituem os momentos mais significativos do Ténis em Cadeira de Rodas e traduzem o empenho das várias equipas federativas ao longo dos anos em contribuir para o desenvolvimento do desporto adaptado.

Embora sem poder contar com os meios logísticos e financeiros necessários para a sua implementação efectiva, tem sido possível minimizar dificuldades mercê do empenho e dedicação dos seus principais agentes.

O futuro exige mudanças e grande ambição para dotar o nosso Ténis em Cadeira de Rodas de processos e meios que lhe permita alcançar o desejado desenvolvimento, em quantidade e qualidade.

Contamos com todos.

 

cn 2013

 

Copyright © 2017 - Federação Portuguesa de Ténis

Todos os direitos de reprodução reservados. Nenhuma parte deste site pode ser vendida ou reproduzida por qualquer sistema ou meio (inclui fotografias ou vídeos) sem a autorização por escrito à Federação Portuguesa de Ténis.